Abertas as inscrições da 2ª edição da Bolsa Cabo Verde Digital.

A Cabo Verde Digital abriu, nesta segunda-feira, 22 de Fevereiro, as inscrições para a segunda edição do programa de pré-incubação e financiamento - Bolsa Cabo Verde Digital (BCVD). São mais de 25 vagas para esta 2ª edição, que beneficiará até dois empreendedores por equipa, que tenham soluções inovadoras, em áreas como  a Agricultura, a Cultura, o Impacto Social, a Educação, a Energia, o Meio Ambiente, a Mobilidade, a  Saúde, a Segurança, a Transparência e Gestão Pública, o Turismo, o Comércio, o Urbanismo, e que utilize as tecnologias como instrumento principal nas operações.

O Programa BCVD visa apoiar até 100 jovens, apoiando na constituição de até 50 tech Startups por ano, com Bolsas num valor de 60.000 ecv por equipa, com até dois empreendedores, oferecendo igualmente um programa de pré-incubação e acompanhamento técnico, por organizações parceiras de relevância a nível nacional e internacional.

A 1ª edição, que arrancou em Setembro de 2020, contou com a participação de 33 projetos, 50 empreendedores, uma rede com 7 entidades parceiras, envolvendo mais de 54 Mentores, especialistas de tecnologia e de negócios, ministradas mais de 170 horas de capacitação em matéria de tecnologia, negócio e empreendedorismo, significando um investimento de mais de 9 milhões de escudos cabo verdianos.

A materialização deste programa dá-se através do estabelecimento de parcerias institucionais com um conjunto de organizações, formalmente comprometidas em construir uma rede de cooperação com os promotores do ecossistema, nomeadamente o Fundo de Promoção ao Emprego e Formação e  a Pro-Empresa que são os promotores do programa, a Universidade de Cabo Verde, a Universidade Jean Piaget, a Universidade de Santiago, a Universidade do Mindelo, o NOSi, o Grupo CVT/CVM, a Unitel T+, a Djassi Africa a StartUp Portugal, entrando para esta aliança, nesta segunda edição, a Página Amarelas e Fundação Smart City Cabo Verde.

Inscrição 

As inscrições estão abertas de 22 de Fevereiro a 22 de Março e devem ser feitas eletronicamente através do website da Cabo Verde Digital - https://www.digital.cv/bcvd.

A Bolsa Cabo Verde Digital é um Programa do Governo de Cabo Verde, criado, através da Secretaria de Estado para Inovação e Formação Profissional e instituído pelo Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF), que tem como finalidade dinamizar o ecossistema de inovação e de empreendedorismo de base tecnológica para criação do mercado das TIC.